DestaquesPolíticaSem categoria

STF atropela legislativo e prorroga lei que garante medidas excepcionais contra Covid-19

Permanecerá válida, por exemplo, a competência das autoridades para determinar medidas de isolamento social, restrição à locomoção, uso de máscaras e testagem da população

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), aquele mesmo que deu voz de prisão a um cidadão que disse a ele que o STF é uma vergonha, decidiu prorrogar a lei que garante as medidas excepcionais adotadas em função da pandemia da Covid-19. As regras perderiam validade nesta quarta-feira, 31 de dezembro.

A prorrogação da validade de leis é uma atribuição exclusiva do Congresso Nacional, que após votada em plenário ainda precisa da aprovação do Presidente da República, mas como sabemos, estamos falando do STF, uma corte que deu o poder a si mesma de até decidir se assim quiser, que 2+2 é igual a 5, e prender quem disser que é 4.

A decisão foi tomada a pedido do partido Rede Sustentabilidade, a final, hoje quando um “progressista” perde uma votação no congresso, ele usa o STF (de maioria “progressista”) para ganhar no tapetão.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button